Quais os benefícios de destinar o gás?

A destinação de fluido refrigerante é importante por diversos fatores econômicos e ambientais, são eles:

Você pode ganhar dinheiro

    

Atualmente,  pagamos para receber seu R22, R134a e 141b usados. Da mesma forma que centros de reciclagem pagam pela latinha de alumínio descartada. 

 

 

Não poluir o meio ambiente

   

Os gases de refrigeração, também conhecidos como fluidos refrigerantes, são substâncias com um alto índice de carbono, ou seja, agravam o aquecimento global, e, por isso, são extremamente prejudiciais ao meio ambiente.

 

 

Ajudar o Brasil a bater as metas internacionais

de redução de emissão de gases de efeito estufa.

      

Devido ao alto indice de carbono, os fluidos refrigerantes são substâncias contempladas em diversos protocolos e acordos ambientais internacionais, mais recentemente, no Acordo de Paris em 2015 e no Acordo de Kigali em 2016, onde foram estabelecidas metas de redução rigidas que devemos seguir. 

 

 

Cumprir a legislação brasileira,

acabar com o seu passivo ambiental

   

A legislação brasileira vê os fluidos refrigerantes como substâncias controladas, que devem ser declaradas no CTF (cadastro técnico federal do Ibama) por isso,  é crime ambiental liberar o gás de refrigeração na atmosfera.

 

 

Reduzir gastos da sua empresa.

​     

Gás regenerado é mais barato que gás novo. Como o Brasil não produz fluido refrigerante, pagamos taxa de importação. Com o começo do phase out a tendência será reduzir o volume de importação o que levará a um aumento do preço do gás novo devido a procura. Compre gás mais barato, regenere seu gás.

 

1. Definir o tipo e quantidade de gás

O primeiro passo é nos informar qual o tipo de gás e qual sua quantidade.

    

 

Veja a lista de gases refrigerantes e seus usos

   

 

Os valores cobrados pela destinação do fluido refrigerante variam de acordo com a dificuldade de regeneração, armazenamento e demanda.   Ao lado encontra-se uma tabela com alguns dos gases que recebemos. Além destes, recebemos muitos outros gases.

2. Definir onde o gás está armazenado​

É importante entender onde o gás está armazenado. Em geral, existem dois cenários:

   

       - o gás está dentro do equipamento.

       - o gás está dentro de cilindros.

  

 

Para que o gás seja enviado à Recigases ele precisa estar em cilindros. Logo, se seu gás está dentro do equipamento será necessário recolhê-lo.

  

 

 

 

   

Se o gás está dentro de cilindros pule o passo 4.

É o correto descarte dos gases de refrigeração. A destinação garante que estes gases não serão liberados na atmosfera. A Recigases tem o conhecimento técnico e as licenças ambientais corretas para receber os fluidos refrigerantes usados

O que é a destinação de gás refrigerante:

vs

3. Definir equipamento e equipe

Para que o gás seja recolhido é necessário ter uma equipe treinada, uma recolhedora e cilindros que comportem o volume de gás.

A maioria dos gases de refrigeração é classificado como risco 2 na ONU: gás não inflamável sob pressão.

 

Para transportar esse tipo de carga as transportadoras precisam ter a licença correta e autorização do Ibama.

 

Este serviço é terceirizado pela Recigases podendo ou não estar incluso em nosso orçamento.​

 

Entenda o que é necessário para transportar o gás

A Recigases compra seu R22 e R134a usado!​

Assim que o fluido refrigerante chega à Recigases, uma amostra é retirada para análise laboratorial. Desta forma, nos certificamos qual o gás recebido, e sabemos quais as impurezas presentes. A partir destes resultados, decidimos qual será o processo de destilação.

 

Ao lado encontra-se um exemplo de laudo de análise para o gás R22. Os parâmetro estabelecidos pela norma AHRI700 são:

 

       -  Ponto de ebulição              -  Pureza

       -  Umidade                              -  Resíduo fixo

       -  Material Particulado           -  Aparência visual

       -  GNC

A partir da análise, o gás passa por uma destilação fracionada, as vezes mais de uma vez. Até que na análise seguinte seja verificado que o gás encontra-se dentro da norma AHRI 700.

 

A norma AHRI 700 é um padrão internacional utilizado para gases de refrigeração. O gás novo sai da fábrica atendendo a este padrão.

 

Conheça a norma AHRI 700

 

Entenda a diferença entre destilação e filtragem

7. Assinar manifesto e emitir certificado

Ao fim a Recigases assina o manifesto de destinação emitido pelo cliente e emite certificado próprio detalhando o que foi destinado.

 

Manifesto de destinação

Quem emite o manifesto de destinação é a empresa dona do gás destinado. Verifique em seu estado qual o processo correto para emitir o manifesto. Por exemplo, no estado do Rio de Janeiro a emissão é feita pelo site do Inea. Para tal é preciso que a empresa seja cadastrada no CTF do Ibama e que a transportadora e o destino final, no caso, a Recigases, tenham as licenças corretas. Saiba mais no site do Inea.

 

 

Certificado de destinação

A Recigases emite um certificado de destinação próprio, garantindo o recebimento do gás. 

fim da destinação

Como funciona nosso serviço: 

Basta clicar na etapa para saber mais. 

        equipamento          ou        cilindro

4. Transportar o gás para a Recigases

5. Analisar o gás

5. Destilar o gás

.

 

This is a mockup. Publish to view how it will appear live.

All rights reserved

RECIGASES

Rua General Argolo, 3, São Cristovão, Rio de Janeiro - RJ - 20921.392

T: +55 21 2580.9296   WhatApp: +55 21 97668-5042    |     vendas@recigases.com

T: +55 21 2580.9296

recigases@recigases.com

Recigases especialistas em fluido refrigerante

CONTATO:  21 2580-9296   |   21 97668-5042   |   VENDAS@RECIGASES.COM